sexta-feira, 8 de maio de 2015

Livro: Dicionário Ilustrado da Moda

Essa semana resolvi por em dia dois reviews de livros de Moda da GG Editora. Já falei do "Quando a Moda é Genial" e hoje vou falar do Dicionário Ilustrado da Moda, do designer Gavin Ambrose e do escritor e jornalista Paul Harris.


O dicionário tem 200 verbetes ilustrados escolhidos de acordo com a terminologia do mercado atual. Cada verbete tem uma ilustração



Pra quem gosta de história da moda, ele explica o que é corset, crinolina, melindrosa, revolução peacock, vintage. Pra quem gosta de moda alternativa, fala sobre subculturas, fetiche, bondage, vinil/pvc, punk, tatuagem... e pra quem gosta da moda de tendências também tem explicações do que são tendências, chic, circulo cromático, fibras naturais, jeans, gravata, tipos de calçados, tipos de chapéu...


... e também termos que com frequência são usados de maneira incorreta, como baby doll ou corselete; conceitos históricos ou tradicionais que  as últimas tendências recuperaram, como espartilho, elisabetano ou melindrosa;  vocabulário técnico e finaliza com uma linha do tempo da história da moda.

 

Particularmente achei o livro lindo, partindo da capa e da qualidade das imagens exemplificando os verbetes, uma coisa legal é que é tamanho bolso e muito fácil de manusear e de localizar os termos. Também achei ótimo que ele explica a diferença de corselet, corsage, corpete e espartilho, que costumam confundir bastante as pessoas.



Para comprar: Site GG Brasil


2 comentários:

  1. Que bacana!
    Pelas fotos parece ser lindo mesmo!
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Parece bom, pena que o preço é salgado.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

NOTA AOS LEITORES


Olá, tudo bem?
Fico feliz que tenha chegado até aqui! Infelizmente não consigo responder todos os leitores com devida atenção. Me perguntam sobre livros que uso nos textos estão, eles listados neste link: https://modahistorica.blogspot.com.br/p/livros.html

Alguns textos foram escritos entre 2009 e 2013, num período que eu não anotei as fontes, por isso eles não as tem. Portanto, quem me escreve cobrando as fontes destes artigos, espero que compreendam que não posso colocar uma fonte que não lembro ao certo/exatamente qual foi, indicando algo errado. MAS os livros que uso estão no já citado link - pra quem quiser ir atrás deles. Sei que professores e orientadores lhes cobram fontes e nada melhor que ler livros pra adquiri-las.


A quantidade de emails e comentários é grande e soaria repetitivo e cansativo eu responder isso a um por um dos leitores. Gostaria que essa cobrança que às vezes vem como crítica, ficasse mais amena através da compreensão, pois quando comecei o blog não sabia que se tornaria tão grande e que viraria referência no Brasil.
Agradeço a compreensão (e os elogios ao blog).
Sana ♥